NOTCIA

15/01/2021 |

SAE registra 25 ocorrncias de furto de gua toda semana em Ourinhos

Compartilhe esta notcia

A SAE (Superintendência de Água e Esgoto) de Ourinhos intensifica as ações de combate à perda d’água com fiscalização mais dura em busca de hidrômetros adulterados. Os denominados “gatos” para burlar a medição são crime com pena de 2 a 8 anos de reclusão. Os casos são frequentes, cerca de 25 ocorrências são registradas por semana pelos fiscais da SAE. Além de ter a água cortada e responder criminalmente, o infrator recebe multa que vai de R$ 1.051,80 a R$ 5.259,00. A fiscalização mais intensa tem o objetivo de combater a perda de água no município e atende orientações do Ministério Público para melhorar a eficiência no abastecimento.

         Na quarta-feira (13) a equipe de fiscalização percorreu a região do Jardim Oriental e em menos de uma hora constatou dois furtos de água. Na primeira residência o cavalete estava sem hidrômetro e o lacre da rede rompido. A água estava sendo fornecida pelo vizinho por meio de uma mangueira. O vizinho foi multado. O dono da residência sem hidrômetro precisa procurar a SAE para resolver pendências.

         Em outra casa do mesmo bairro, os fiscais encontraram um hidrômetro violado. Um fio de arame foi introduzido no equipamento para prejudicar a medição. A água foi cortada e o responsável pelo imóvel multado em mais de R$ 1 mil por adulterar e romper lacre do hidrômetro. O furto de água não tem classe social. As irregularidades são encontradas em residências humildes, mas também em mansões de bairros nobres.

         O furto aliado aos vazamentos e hidrômetros vencidos são os principais responsáveis pela falta d’água na cidade, pois além de gerarem prejuízo financeiro aos caixas da autarquia, impedem novos investimentos e aumentam o índice de perda de água no município.       

         Para detectar ligações ilegais de água são analisados vários indicadores, porém o mais comum é quando o consumo diminui drasticamente. Também é corriqueiro encontrar ligações clandestinas em imóveis que tiveram a água cortada, mas deixaram de solicitar nova ligação.

Fonte: ourinhosnoticias.com.br

Comente esta notcia
Deixe seu comentrio abaixo:

termos de uso

COMENTRIOS

MAIS LIDAS

MAIS NOTCIAS

    PUBLICIDADE