OURINHOS TV

27/05/2015

Homem preso em Ourinhos acusados de aliciar criana de 10 anos pelo Facebook

Compartilhe este video

A DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) de Ourinhos com ajuda do pai de um garoto de 10 anos, em menos de 24 horas conseguiu prender em flagrante R.P.A., 28 anos, acusado de aliciar um garoto pelo Facebook. Ação aconteceu na noite de terça-feira (26/5), data que o pai se passou pelo filho e marcou um encontro com o acusado de pedofilia  nas proximidades da escola SESI.

O pai do garoto procurou pela delegacia no dia 25/5 desesperando informando que um rapaz com perfil no Facebook, estaria entrando em contato com seu filho há uma semana, e junto com o contato verbal o rapaz encaminhava fotos exibindo seu órgão genital e tentando convencer a atos libidinosos, na ocasião foi registado um Boletim de Ocorrências.

“Esse pai foi muito habilidoso ele percebendo que o filho estava escondendo alguma coisa e já visualizando as conversas no Facebook, nos trouxe a noticia e entre ele trazer e hoje não tem 24 horas que e crime foi esclarecido o autor foi preso”, explicou Ana Rute, em entrevista coletiva a imprensa.

Na prisão o rapaz confessou que exibia sim o órgão genital “Esse pai se passando pelo filho combinou um encontro para o ato libidinoso, ele avisou a polícia e até por prevenção da vida dele nós corremos pra lá e surpreendemos o acusado chegando para manter o contato com o garoto” contou a delegada Ana Rute.

O menor não estuda no SESI, ele apenas joga futebol no local e durante o tempo que conversou com o aliciador contou sobre suas atividades, por isso, decidiu marcar o encontro nas proximidades do colégio.

“Nossa preocupação maior era com a criança e com pai, porque um pai aborrecido com uma situação dessas pode fazer uma atrocidade com o autor, então essa nossa preocupação fez com que fossemos ao encontro dele correndo nem teve a aproximação, assim que o rapaz chegou e gesticulou e sorriu para o menino minha equipe já se aproximou e deu ordem de prisão”, detalhou a delegada.

O acusado não esboçou reação apenas se assustou com a aproximação das investigadoras que deram voz de prisão em flagrante.

A delegada explicou que a prisão preventiva foi decretada de acordo com Estatuto da Criança e Adolescente (ECA) no artigo 241-D que fala de assediar aliciar a criança com a conotação de atos libidinosos.

A delegada orienta os pais quanto à fiscalização dos filhos nas redes sociais. “Não é o impedimento, mas se eu permitir eu tenho o direito de ter o acesso e a obrigação e o zelo pela educação do filho, é responsabilidade do pai e não de quem tem uma conta na rede, uma vez que o pai permitiu tem que fiscalizar a não ser que ele não permita o acesso”.

Ante de finalizar a delegada parabenizou toda sua equipe pelo belo trabalho realizado com eficiência e rapidez de esclarecer e prender o acusado.

OURINHOSNOTICIAS É COMPLETO, POR ISSO É LÍDER EM AUDIÊNCIA!

Comente esta notcia
Deixe seu comentrio abaixo:

termos de uso

COMENTRIOS

PUBLICIDADE