OURINHOS TV

06/02/2015

Lucas Pocay faz discurso em defesa dos servidores e aplaudido em p na Cmara

Compartilhe este video

O VEREADOR TAMBÉM QUESTIONOU O CORTE DA INSALUBRIDADE DAS COZINHEIRAS E AUXILIARES DE EDUCAÇÃO INFANTIL

         ​Na última Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Ourinhos, realizada na noite de segunda-feira (2/2), o vereador Lucas Pocay fez um discurso na tribuna da Casa em defesa aos direitos e a valorização dos servidores públicos municipais, e foi aplaudido em pé pelos trabalhadores que lotavam a galeria do plenário.

​Inicialmente o edil falou sobre o problema que está sendo vivido pelos agentes comunitários de saúde e pelos agentes de combate às endemias, que estão recebendo salário bem abaixo do piso nacional estabelecido em Lei, apesar do dinheiro estar sendo repassado pelo Governo Federal para a administração Belkis Fernandes (PMDB).

​A Lei nº 12.994 de 17 de junho de 2014, em seu artigo 1º, parágrafo 1º estabelece que o piso salarial da categoria é de R$ 1.014,00 para uma jornada de 40 horas semanais, sendo que o Governo Federal repassa à prefeitura 95% desse valor, restando ao município o pagamento de apenas 5% do salário, porém, mesmo com o dinheiro em caixa a administração municipal está pagando apenas R$ 856,00 aos agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias.

“A prefeitura tem que reconhecer, tem que valorizar o trabalho dos servidores públicos, ou será que o trabalho dos agentes de saúde que cuidam de nossos doentes não é importante? Será que a prefeita considera que o trabalho dos agentes de combate às endemias, que controlam a questão da dengue não tem valor? Será que a administração que representa a continuidade, esqueceu que em 2011 na gestão do ex-prefeito Toshio a cidade viveu uma epidemia, com mais de 620 casos de dengue?”, pontuou o vereador que ao final de seu discurso foi aplaudido em pé pelos servidores que lotavam a Câmara.

Para a regularização do piso, é necessário apenas um Projeto de Lei Municipal regulamentando o pagamento, o que já foi feito na maioria dos municípios brasileiros. Para facilitar o trabalho da administração municipal, o vereador apresentou Requerimento contando com a minuta do Projeto, bastando apenas agora a Prefeita copiar e mandar para a Câmara para a aprovação.

COZINHEIRAS E AUXILIARES DE EDUCAÇÃO – Durante o discurso, Lucas Pocay também se mostrou indignado com o fato da administração Belkis ter cortado o pagamento da insalubridade das cozinheiras e auxiliares de educação infantil.

O vereador vai apresentar na próxima Sessão Requerimento solicitando uma cópia do laudo utilizado pela Prefeitura para justificar o corte no benefício aos trabalhadores. 

OURINHOS NOTÍCIAS AQUI VOCÊ VÊ JORNALISMO DE VERDADE, NÃO APENAS CÓPIA DE B.O. DA POLICIA. POR ISSO É LÍDER EM AUDIÊNCIA!

 

Comente esta notcia
Deixe seu comentrio abaixo:

termos de uso

COMENTRIOS

PUBLICIDADE