NOTCIA

24/07/2020 |

Mulheres so maioria nos casos confirmados de Covid-19 em Ourinhos

Compartilhe esta notcia

Balanço da Secretaria Municipal da Saúde revela que até o dia 21 de julho a maioria dos casos confirmados de Covid-19 em Ourinhos era formado por mulheres. Do total de notificações, 440 pacientes eram do sexo feminino e 341 do masculino. Não há ainda um estudo específico para determinar os motivos, mas alguns fatores são apontados como possíveis causas.

Um deles é que a quantidade de mulheres trabalhando nos serviços de saúde é maior e, consequentemente, estariam mais suscetíveis a contrair a doença. As mulheres são historicamente mais preocupadas com a própria saúde e estariam fazendo mais testes de covid-19 que os homens.

Há ainda o fato de que cada vez mais mulheres se tornam arrimo de família e trabalham fora de casa, as colocando em contato com um número maior de pessoas. De qualquer foram a Secretaria Municipal da Saúde mantém o alerta para intensificar o uso de máscaras de proteção e de álcool gel nas mãos para evitar o contágio e a propagação do novo coronavírus.

NÚMEROS
Até o dia 21 de julho, Ourinhos contabilizava 781 casos notificados da doença, sendo 306 (39,18%) na faixa etária dos 21 a 40 anos. Na sequência aparecem 242 (30,99%) casos na população de 41 a 60 anos; 146 (18,69%) de 0 a 20 anos e 87, ou 11,14% dos registros em pessoas acima dos 60 anos.

Os casos confirmados em idosos vem gerando preocupação, já que nos primeiros 15 dias de julho ocorreu aumento no registro de confirmações. Eles estariam sendo contaminados pelos próprios familiares que vêm desrespeitando as regras de isolamento social.

CURA
Estudo da Secretaria Municipal da Saúde revela que, em Ourinhos, o número de pacientes curados da Covid-19 ultrapassou a quantidade de pessoas infectadas. Até dia 21 de julho, a cidade tinha 264 casos confirmados do novo coronavírus. São pacientes que estão sob tratamento, em isolamento e monitorados.

Na mesma data, 510 pessoas já haviam sido curadas da doença. A análise revela ainda uma tendência de queda no número de resultados positivos e um aumento na quantidade de pacientes livres da doença nos próximos meses.

 

Fonte: www.ourinhosnoticias.com.br

Comente esta notcia
Deixe seu comentrio abaixo:

termos de uso

COMENTRIOS

PUBLICIDADE