NOTCIA

10/06/2020 |

Povo quer cassao de Vadinho por suposta farsa criada travs de empresrio

Compartilhe esta notcia

VEREADOR SE DESESPERA E CONFIRMA QUE ESTEVE COM RICARDO SIMÕES PARA REALIZAR DENÚNCIA CONTRA PREFEITO


Ricardo Simões já confessou em entrevista que o prefeito não lhe pediu nada: “O Lucas, você nunca me pediu nenhum lote. Claury usaram o seu nome, você nunca me pediu nada”, confirma Ricardo Simões que foi usado politicamente pela oposição ao prefeito.

Munícipe já entrou com requerimento na Câmara Municipal pedindo a cassação do vereador Vadinho: “Fica claro pelo conteúdo de sua entrevista e as reportagens mencionadas, que o Sr. Ricardo Xavier Simões praticou uma notícia falsa de crime junto a Polícia Federal de Marília a mando do vereador Edvaldo Lúcio Abel (Vadinho), que agindo de forma ilícita, irresponsável e criminosa, junto de seu assessor ou até mediante qualquer tipo de recompensa ao Sr. Ricardo Xavier Simões, o levou para realizar uma denúncia falsa de crime, com o simples intuito de ferir a honra de seu opositor político. Zombando dos órgãos de investigação do sistema judiciário, mediante utilização indevida para criar notícias falsas de corrupção”, destacou no pedido de cassação do vereador.

Em reunião do assessor particular do vereador Vadinho, Renato Adriano Lopes Luz, com o ex empresário Ricardo Simões, mais áudios começam a aparecer e pioram a situação do parlamentar Edvaldo Lúcio Abel (Vadinho).

No encontro, ficou claro o interesse eleitoral e ainda o uso do empresário pelo vereador, através do seu assessor particular, inclusive disse que pagou advogado para seguir na denúncia.

“Deixa ele depositar o valor do advogado”, diz Ricardo Simões.

“Você pode aproveitar esse advogado que está pago pra você”, diz assessora do vereador.

Ricardo Simões se mostrou indignado com atitude do vereador, dizendo ser levado por ele. “Vadinho não podia ficar direcionando (...) o que estou arrumando aqui, é capaz de eu ir pra cadeia”, afirmou.

Fonte: www.ourinhosnoticias.com.br

Comente esta notcia
Deixe seu comentrio abaixo:

termos de uso

COMENTRIOS

PUBLICIDADE