NOTCIA

14/01/2020 |

Acusado afirma que matou Emanuelle porque a me da criana no a deixava brincar com seu enteado

Compartilhe esta notcia

Um crime chocou a pequena cidade de Chavantes e toda a região. Aguinaldo Assunção confessou que assassinou a pequena Emanuelle Pestana Castro, 8 anos a golpes de faca.

A criança saiu para brincar em uma pracinha da cidade na sexta-feira (10), sendo dada pela família como desaparecida por volta das 17h, quando não foi mais encontrada.

Um grande aparato policial foi empenhado nas buscas pela menina que não foi encontrada.

Paralelo a isso, equipes da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) realizavam trabalho de investigação e chegaram na segunda – feira (13) a Aguinaldo Assunção. Imagens de monitoramento mostraram que ele teve contato com a criança duas vezes na tarde do desaparecimento, em uma das vezes ele vestia uma camiseta azul e na segunda uma camiseta vermelha e estava de bicicleta.

Ele confessou que assassinou a menina com quatro golpes de faca e abandonou o corpo. De acordo com o acusado, ele teria convidado Emanuelle para apanhar frutas e em meio a um matagal e matou a menina. A motivação do crime seria o fato da mãe da criança não deixar sua filha brincar com seu enteado.

Aguinaldo era vizinho de Emanuelle, ele já havia cumprido pena pelo crime de homicídio, já que assassinou seu próprio irmão devido a uma briga por causa de um sabonete.

A Polícia agora aguarda laudo para saber se houve também crime sexual contra a criança. Porém, o corpo da vítima foi encontrado vestido e com a roupa íntima intacta.

O próprio acusado levou a polícia até o corpo que estava próximo a um lago entre Chavantes e Canitar.

OURINHOS NOTÍCIAS É COMPLETO, POR ISSO É LÍDER EM AUDIÊNCIA!!!

Fonte: www.ourinhosnoticias.com.br

Comente esta notcia
Deixe seu comentrio abaixo:

termos de uso

COMENTRIOS

PUBLICIDADE