NOTCIA

11/10/2019 |

Special Dog inaugura nova fbrica e lana 30 produtos buscando a liderana no mercado wet

Compartilhe esta notcia

Após três anos de pesquisas de mercado e investimento de R$ 80 milhões, a Special Dog inaugurou no mês de outubro de 2019 sua nova fábrica para a produção de alimentos úmidos para cães e gatos. Com capacidade de produção de 600 toneladas ao mês, a empresa estreia no segmento “wet” buscando ser referência de um segmento que ainda tem muito espaço para crescer no Brasil. Considerada a melhor empresa para trabalhar na América Latina, a Special Dog emprega cerca de 1.000 funcionários, sendo uma das líderes brasileiras de alimentos secos para cães e gatos, um mercado em que já atua há 18 anos.

A linha wet é composta por 30 produtos divididos em seis categorias: Special Dog Sachê e Special Dog Patê (para cães adultos, adultos de raças pequenas e idosos, nos sabores carne e frango); Special Cat Sachê e Special Cat Patê (para gatos adultos, filhotes e castrados nos sabores carne, frango e peixe); Snoopy Sachê (para cães adultos, adultos de raças pequenas e filhotes no sabor carne); e Garfield Sachê (para gatos adultos, filhotes e castrados no sabor carne).

Apesar de os preços sugeridos ao consumidor girarem em torno de R$ 1,89 a R$ 6,90, os novos produtos são todos “premium” e não trazem uma “linha de ataque” para o setor varejista que, por sua vez, terá apoio na divulgação e disposição dos produtos aos clientes. Entre os atrativos nos pontos de venda estão os totens em tamanho natural da atriz Paloma Oliveira, garota propaganda da nova linha wet. Também será oferecida uma gôndola especial para melhor disposição dos produtos dentro das lojas. Os revendedores receberão ainda material informativo e motivacional por meio do aplicativo WahtsApp.

A aposta da empresa no novo segmento se dá pelo mercado promissor no horizonte. Enquanto na Europa o consumo de alimento wet para cães e gatos é de 40%, no Brasil gira em torno de 6%, com praticamente duas empresas atuando no setor, as principais concorrentes da Special Dog.

Segundo Fernando Manfrin, gerente de marketing da empresa, para estimular o consumo a intenção é trabalhar em duas frentes, uma que incentive os consumidores de wet a experimentar os novos produtos da Special Dog, outra para atrair quem já consome os produtos secos.

Para se tornar referência em um setor ainda pouco explorado no Brasil, porém não menos competitivo (os concorrentes são Whiskas e Pedrigree), a Special Dog pretende estimular o consumo do produto aliado a uma comunicação que explore o fator novidade com o emocional dos donos de pet, aliados aos diferenciais da linha wet, “mais deliciosa, nutritiva e completa.”

INOVAÇÕES

Os produtos que compõem a nova linha resultam de inúmeros estudos e testes realizados pelo setor de Pesquisa & Desenvolvimento da empresa, que buscou conferir alta performance e palatabilidade aos alimentos, além de novos ingredientes na formulação. 

Entre as principais inovações da formulação estão a inclusão de leveduras hidrolisadas, responsáveis, entre outros benefícios, por melhorar a imunidade do animal e palatabilidade do produto; a adição de glicinatos, minerais quelatados que evitam a oxidação dos demais ingredientes do produto e não sofrem competição no intestino com outros minerais, fazendo com que os animais absorvam todos os nutrientes do alimento.

A Special Dog também possui um rigoroso controle de qualidade da matéria-prima, composta principalmente por carnes e miúdos de bovino, suíno, frango e peixe.

“O controle é feito desde a compra até o recebimento da carga. Os caminhões dos fornecedores são checados antes mesmo de entrarem na fábrica. Se algo não bater com o que foi pedido, a carga não chega a entrar”, conta Mariana Monti, médica veterinária e nutricionista responsável pelo departamento.

MODERNIDADE

A nova fábrica da Special Dog é a mais moderna do Brasil. O diferencial da nova planta, que deve gerar cerca de 60 empregos diretos e indiretos é a sequência de produção customizada, garantindo 100% de eficiência das máquinas. 

“Investimos R$ 80 milhões na criação desse projeto ambicioso, sendo R$ 65 milhões em estrutura e equipamentos e R$ 15 milhões em embalagem, campanha de Marketing, Pesquisa & Desenvolvimento. Sem dúvida, é um grande passo que estamos dando, no momento certo, em um segmento que queremos conquistar”, revela Erik Manfrim, diretor administrativo e um dos fundadores da empresa.

O desafio com a nova planta industrial foi a inevitável mecanização de parte da produção - necessária em um mercado tão competitivo - sem deixar de lado os padrões de valorização dos colaboradores, um dos principais pilares da empresa reconhecida internacionalmente pelos diversos prêmios e certificações. A Special Dog emprega atualmente 988 funcionários, mantendo altíssimos padrões de qualidade e de sustentabilidade em todos os seus processos.

Entre os benefícios e ações oferecidos pela Special Dog, que a tornam referência no compromisso de garantir o melhor ambiente para o desenvolvimento do trabalho, estão o programa de participação de resultados anuais, remuneração acima da média de mercado, planos de carreira, recrutamento interno, plano salarial, bolsas de estudo, PDI (Plano de Desenvolvimento Individual), PAT (Plano Anual de Treinamento), convênio médico, licença maternidade de seis meses, licença paternidade que pode chegar a 20 dias, refeições gratuitas na empresa, entre outros.

É muito gratificante saber que servimos de exemplo e que conseguimos fazer a diferença na vida dos colaboradores, seus familiares e inspirar outras empresas a querer também proporcionar um ambiente de trabalho cada vez mais saudável, acolhedor e respeitoso”, comenta a gerente de RH, Fabia Lima.

Padrão de qualidade equivale a da indústria alimentícia humana - Localizada em Santa Cruz do Rio Pardo, dentro da sede da Special Dog, a nova fábrica possui uma área de 5.000 metros quadrados. A estrutura inovadora tem capacidade produtiva inicial de 600 toneladas de alimentos úmidos ao mês e, com a expansão já prevista de alguns equipamentos, pode chegar a 1.200 toneladas mensal.

Possui, ainda, um padrão de qualidade equivalente à indústria alimentícia humana: maquinário com tecnologia de ponta, controle de ventilação, sistema de pressão positiva (que evita que poeira e insetos adentrem à fábrica), áreas climatizadas para o bem-estar dos colaboradores, câmaras frias (- 18°) e congeladores (-2°) para armazenamento das carnes, painéis isotérmicos com folhas de aço, paredes lisas de fácil higienização e piso técnico (de poliometano) resistente e com design clean.

 “Recorremos a fabricantes referências nacionais e mundiais em automação industrial”, conta Octávio Soberon, engenheiro químico responsável pela gestão da fábrica wet.

Nas etapas de extrusão e cozimento, um colaborador opera um conjunto de várias máquinas de processo, como extrusora, forno, resfriador e cortador, controladas por um único CLP (Controlador Lógico Programável), garantindo a padronização dos produtos.

Já a área de envase primário conta com alta confiabilidade de máquinas japonesas e alemãs e também com tecnologias inglesas de inspeção em 100% dos produtos e embalagens. Já nos processos de esterilização, únicos e exclusivos no Brasil para pet food, há a excelente distribuição de temperatura devido ao sistema automático de carregamento e ao sistema de cascata de água. Por fim, no envase secundário de sachês, há a máquina de formação de caixas, de tecnologia alemã e de alta velocidade, garantindo a performance de toda a linha.

Em relação à equipe da linha produtiva, ela é composta por profissionais altamente experientes em alimentação úmida humana, selecionados com bastante critério. 

Não foi tarefa fácil encontrar profissionais qualificados e com a experiência necessária para a função, mas fizemos questão de montar um time que nos ajudasse a manter nosso padrão de excelência e consistência na qualidade do que é entregue ao consumidor”, completa Soberon.

  A fábrica wet da Special Dog também segue todas as premissas ambientais. É uma empresa certificada pela Norma ABNT ISO 14001, ou seja, segue rigorosos procedimentos que garantem a conformidade legal ambiental e, por consequência, sua preservação. A estrutura conta com iluminação 100% LED, utilização de água pluvial para fins secundários, utilização de iso-painéis e exaustão das emissões em alta temperatura para conforto térmico e gestão própria de efluentes e resíduos sólidos, com alta eficiência, podem ser destacados.

Outro diferencial é o sistema de exaustão com tratamento de odores, que recebeu investimento de R$1,5 milhão. Todo o cheiro resultante da fabricação é capturado, canalizado e passa pelo lavador de gases. Assim, é liberado na atmosfera um ar totalmente isento de odores. 

Fonte: www.ourinhosnoticias.com.br

Comente esta notcia
Deixe seu comentrio abaixo:

termos de uso

COMENTRIOS

PUBLICIDADE