NOTCIA

05/12/2018 |

Catador de latinha cai e cachorros cuidam dele at a chegada do SAMU, em Assis

Compartilhe esta notcia

O amor dos animais com seus tutores é um sentimento que supera barreiras e dificuldades. Independente da condição financeira ou do local onde vivem, o companheirismo e a fidelidade são marcas que emocionam essa relação entre cães e o ser humano. 

Um caso que chama a atenção ocorreu recentemente em Assis. O catador de latinhas conhecido como Alemão passou mal na Rua São Cristóvão, na Vila Triângulo, e caiu no asfalto. Acompanhado de seus fiéis escudeiros, dois cães vira-latas, os animais cuidaram de seu tutor até a chegada da equipe do SAMU.

"Era umas 22h e eu estava com meu marido na casa do meu sogro, ali próximo à FEMA. Nós escutamos um barulho parecido com um estralo e fomos até a rua para ver o que tinha acontecido. Quando vimos, o homem estava caído no chão com dois cachorros ao lado dele. Tentamos acordá-lo, mas ele não respondeu. Ai chamamos o SAMU para prestar atendimento, mas até a chegada deles, os dois cachorrinhos não saíram do lado do dono e ainda ficaram lambendo seu rosto, para ver se ele reagia”, conta a moradora Thais Brandão.

Segundo ela, as equipes de atendimento tiveram dificuldades para conseguir atender o catador, já que os cachorros avançavam a cada tentativa, sempre protegendo seu tutor.

"Quando o pessoal do SAMU chegou e foi atender o homem, os cachorros avançaram na equipe para não deixar ninguém pegar nele. Um pouco depois o homem acordou e disse que estava bem. Ele contou que o saco de latinhas caiu em cima dele e por isso ele caiu no chão. A gente até achou que ele tivesse sido atropelado, mas felizmente não foi nada grave. Nós conhecemos o Alemão de vista e ele percorre a Vila Triângulo e a Vila Progresso catando latinhas, sempre acompanhado dos seus cachorros. Foi uma cena que chamou nossa atenção porque os animais realmente cuidaram para que nada acontecesse com ele”, conclui.

Fonte: www.ourinhosnoticias.com.br

Comente esta notcia
Deixe seu comentrio abaixo:

termos de uso

COMENTRIOS

PUBLICIDADE