NOTCIA

07/03/2018 |

Sade de Ourinhos envia representantes para simpsio contra a febre amarela em So Paulo

Compartilhe esta notcia

O Simpósio São Paulo contra a febre amarela reuniu dia 5 de março na capital paulista, gestores municipais e especialistas em saúde para discutir medidas de prevenção e tratamento à doença que também é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. A Prefeitura de Ourinhos enviou para o evento a Secretária da Saúde Cássia Palhas, a Diretora de Vigilância em Saúde Célia Exposto e a Apoiadora de Atenção à Saúde Pricyla Ferreira.

Segundo a Secretária Cássia, apesar de Ourinhos não ter registro de casos, é preciso estar alerta e intensificar as ações de combate ao transmissor da doença. “Durante o encontro foi apresentada a situação da febre amarela em todo o Estado e as ações que precisam ser adotadas para eliminar o mosquito. Ourinhos não tem casos, mas precisamos ficar atentos porque há muitas pessoas em trânsito que vem de regiões endêmicas”, diz.
Cássia ressaltou que, por determinação do Prefeito Lucas Pocay, o trabalho para eliminar focos do mosquito é constante. Nos últimos dois meses, por exemplo, 60 caminhões de entulho foram retirados de terrenos baldios e quintais de residências. O arrastão de limpeza percorreu os bairros Jardim São Jorge, Vila Operária, Jardim São Carlos, CDHU Ourinhos I (Jd São Carlos), Parque Minas Gerais - sessão 01 e 02, Vila Boa Esperança 2ª sessão, Vila Sandano, Vila Adalgisa e Vila Kennedy.

A Secretária da Saúde avisa, porém, que qualquer ação no combate ao mosquito das arboviroses só será efetiva se contar com a colaboração da população. “O mosquito Aedes aegypti vive e se reproduz dentro das nossas casas. Agindo uma vez por semana na limpeza de criadouros, a população interfere no desenvolvimento do mosquito, freando a transmissão das doenças”, explica.

Fonte: www.ourinhosnoticias.com.br

Comente esta notcia
Deixe seu comentrio abaixo:

termos de uso

COMENTRIOS

PUBLICIDADE