ARTIGO

30/05/2016

UPA - o smbolo da incompetncia na gesto da sade pblica em Ourinhos

Compartilhe este artigo

Mortes mal explicadas ocorridas na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) nos últimos dias reabriu a discussão junto a sociedade ourinhense quanto a péssima qualidade da saúde pública em Ourinhos.

Na campanha eleitoral, a UPA foi apontada pelo ex-prefeito Toshio Misato (PSDB) e por sua sucessora e então candidata a prefeita Belkis Fernandes (PMDB) como a solução para o problema na saúde no município, mas o que se viu foi exatamente o contrário.

Assim que a UPA foi inaugurada, a Santa Casa de Ourinhos fechou as portas do pronto socorro para a população, sem que a administração municipal tomasse nenhuma atitude para impedir isso. Aos munícipes restou apenas a longa espera por atendimento de qualidade duvidosa e sem a mínima estrutura para realização de diagnósticos corretos na UPA.

Os anos passaram e ficou mais do que comprovado que o modelo de saúde pública imposto pela administração Toshio e Belkis não funciona, e está levando pessoas inocentes a morte.

Agora que o problema está instalado, ao invés de resolver a situação investindo mais recursos na Santa Casa, para que o pronto socorro volte a atender a população, a prefeita Belkis Fernandes e seu secretário da Saúde, André Mello preferem se esconder e não dão sequer uma resposta pública para a população, preferem ficar no jogo de empurra para disfarçar a própria incompetência como gestores públicos.

Autor: wwww.ourinhosnoticias.com.br

Comente esta notcia
Deixe seu comentrio abaixo:

termos de uso

COMENTRIOS

PUBLICIDADE