ARTIGO

23/05/2013

Tetracampeo, Muricy inicia Brasileiro sem time competitivo e pedindo reforos

Compartilhe este artigo

O tcnico que mais levantou taas do Brasileiro por pontos corridos inicia o terceiro torneio seguido sem muitas perspectivas de repetir o feito. Tricampeo pelo So Paulo (2006, 2007 e 2008) e uma vez com o Fluminense (2010), Muricy Ramalho passou longe da taa em 2011 e 2012, se viu longe da disputa e chega para mais um torneio reconhecendo as limitaes do Santos . Em 2011, com o ttulo santista na Libertadores, o Brasileiro ficou em segundo plano por conta da disputa do Mundial de Clubes. As cobranas a Muricy no foram to grandes e o Santos terminou em 10. "O Brasileiro um campeonato importante, com cinco, seis meses de durao. Para aguentar, preciso ter plantel", disse Muricy, admitindo que as atuais opes no Santos no so suficientes para fazer bom papel no torneio. Tanto no So Paulo como no Fluminense ele contou com bons e numerosos elencos para levar o ttulo. A perda do ttulo mundial para o Barcelona no alterou o status do tcnico, mas a queda na Libertadores de 2012, mesmo aps outro ttulo paulista, aumentaram a presso por bom desempenho no Brasileiro do ano passado. O oitavo lugar e a consequente ausncia da Libertadores de 2013 s fazem com a campanha deste ano seja imprescindvel para a permanncia de Muricy no cargo. Torcedores do clube chegaram a "vender" o tcnico . A provvel sada de Neymar e a ausncia de outros jogadores com condies de conduzir a equipe acendem o alerta do treinador. "Tem diversos jogadores assediados. normal isso em todas as janelas. Vai acontecer com todos os times. Sempre que se abre a janela, tem um movimento aqui no Brasil. No s no Santos, mas em outros clubes. uma coisa natural. A gente no sabe quais so os jogadores, mas so vrios"

Autor: IG

Comente esta notcia
Deixe seu comentrio abaixo:

termos de uso

COMENTRIOS

PUBLICIDADE